Juíza condena Garibaldi Filho e Henrique Alves a suspensão dos direitos políticos


O ex-governador do Rio Grande do Norte e atual Ministro da Previdência Garibaldi Alves Filho, e um ex-secretário estadual de Projetos Especiais, seu primo Henrique Eduardo Alves, deputado federal, foram condenados por crime de improbidade administrativa e tiveram decretada a suspensão dos direitos políticos por um período de três anos além do pagamento de três vezes a remuneração que recebiam à época em que atuavam na administração estadual, em 2001. A sentença é da juíza Ana Cláudia Secundo da Luz e foi publicada no Diário Oficial da Justiça (DOJ) da última sexta-feira (13).

0 comentários! Clique aqui e comente!:

Publicar um comentário